sábado, 12 de julho de 2014

Aspirina diminui incidência de câncer colorretal

Tomar aspirina diariamente e por longos períodos diminui em cerca de 60% a incidência de câncer colorretal em pessoas com risco hereditário de desenvolver a doença, noticiou esta sexta-feira a revista científica "The Lancet".

As conclusões partiram de um estudo feito com pacientes que sofrem de síndrome de Lynch, uma falha genética vinculada com o reparo celular que provoca câncer colo-retal e de outros tipos. A Síndrome de Lynch ocorre com uma em 1.000 pessoas e responde por cerca de um em 30 casos de câncer de intestino.

câncer colorretal pode ser provocado por bactéria

Pesquisa sugere ligação entre bactéria e câncer colorretal. A descoberta seria capaz de melhorar o diagnóstico, além de contribuir para estratégias de prevenção e tratamento da doença

Cientistas do Instituto do Câncer Dana-Faber encontraram níveis surpreendentemente altos de uma bactéria em tumores de câncer

Brasileiro cria capa que diminui radiação emitida pelo celular

Inventor diz que o objeto consegue barrar a radiação do campo magnético criado durante uma ligação telefônica. Segundo seu criador, com a capa, a radiação final que chega à pessoa é apenas 0,001% da emitida originalmente pelo celular. Isso significa que ela demoraria uns 400 anos para começar a ter problemas de saúde em consequência da radiação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...