quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Substância usada em sabonetes, shampoos e creme dental pode provocar câncer

Substância usada em sabonetes, shampoos e creme dental pode provocar câncer e problemas no fígado, diz pesquisa.

Um aditivo encontrado em muitos sabonetes líquidos e outros produtos de uso doméstico comum tem sido associado ao câncer em um novo estudo.

Triclosan é um agente antimicrobiano comumente encontrado em sabonetes, xampus, cremes dentais, antitranspirantes, perfumes, colônias e em muitos outros itens domésticos.

Apesar do seu uso generalizado, os pesquisadores identificaram consequências potencialmente graves de exposição a longo prazo ao produto químico.

O estudo, publicado pela revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências, mostra que triclosan provoca fibrose hepática e câncer em ratos de laboratório.

A fibrose hepática ocorre devido a inflamação persistente do fígado, o que faz com que o tecido cicatricial fibroso se formem em torno das células do órgão e dos seus vasos sanguíneos. Ao longo do tempo, pode causar cirrose e falência.

No entanto, os investigadores salientam que os resultados também são relevantes em humanos, devido aos processos que eles observaram durante a realização do estudo em camundongos.

O triclosan está na mira do Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos, devido relatórios recentes que afirmam que ele desequilibra os hormônios e prejudicar a contração muscular.

Os especialistas estão preocupados porque o triclosan está amplamente espalhado em um número grande de produtos cosméticos e de higiene.

Pesquisas anteriores descobriram vestígios de triclosan em 97% das amostras de leite materno em mulheres lactantes nos EUA. Destas, 75% tinham vestígios também na urina. Só nos EUA, o triclosan é o 7º composto químico mais detectado nas pessoas e nos esgotos.

Enquanto parece senso comum que sabonetes antibacterianos podem proteger contra doenças causada por bactérias, a verdade é que não existem evidências suficientemente fortes para tal alegação.

O Food and Drug Administration do governo americano, realiza há 40 anos pesquisas sobre a substância, juntamente com numerosos estudos independentes. A agência mostrou que triclosan em sabonetes, lenços umedecidos, gel para mãos, etc, não produzem nenhum benefício sobre a higiene além da dupla já conhecida: água e sabão!

As evidências mostram que crianças expostas ao uso prolongado de triclosan, durante meses ou anos, têm maiores chances de desenvolver alergias, de acordo com estudos publicanos no Jornal de Alergia e Imunologia Clínica, em 2012, e na Environmental Health Perspectives, em 2011.

Algumas pesquisas também sugerem que os aditivos em sabonetes antibacterianos pode contribuir para a resistência aos antibióticos, um problema crescente de saúde pública.

O Dr. Robert Tukey é o principal autor do novo estudo. Ele é da escola de medicina da Universidade da Califórnia. Segundo ele, a substância “possui riscos muito reais” à saúde.

“Ele apresenta um risco muito real de toxicidade ao fígado nas pessoas, como acontece em ratos, especialmente quando combinado com outros compostos com ação semelhante”, disse.

Dr. Tukey e seus colegas descobriram que o triclosan provoca problemas no funcionamento do fígado. Os ratos foram expostos durante 6 meses (o que equivale a 18 anos em humanos), apresentando fibrose, falência do órgão ou câncer.

O estudo sugere que o triclosan pode interferir em uma proteína responsável pela desintoxicação, impedindo o corpo de “limpar” produtos químicos e substâncias estranhas.

O coautor do estudo, Dr. Bruce Hammock, disse: “Nós deveríamos reduzir a exposição dos humanos e do meio ambiente a esta substância, eliminando completamente seu uso, devido ao baixo benefício que ela agrega em sabonetes líquidos”. Segundo ele, deveríamos também ter cautela ao usar cremes dentais que contenham o triclosan.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...